O educador

Qual é a origem do dia do professor?

Imprimir

Qual é a origem do dia do professor?Por que se comemora esta nobre profissão no dia 15 de outubro? Jussara de Barros conta que o feriado começou como um dia de paralisação das atividades para uma mega reunião de professores:

"A criação da data se deu em virtude de D. Pedro I, no ano de 1827, ter decretado que toda vila, cidade ou lugarejo do Brasil, criasse as primeiras escolas primárias do país, que foram chamadas de “Escolas de Primeiras Letras”, através do decreto federal 52.682/63.

Última atualização em Sex, 15 de Outubro de 2010 10:33 Leia mais...
 

Piso Salarial de professores ainda não saiu do papel

Imprimir

Piso Salarial de professores ainda não saiu do papelPois é, todos os candidatos falando em educação, novas teorias, reformas curriculares, inclusão digital e o escambau, mas ainda não saímos da escolinha do professor Raimundo: "E o salário, ó".

Segundo Tatiana Duarte: "Dois anos após ser aprovado, o Piso Nacional dos Professores ainda é desrespeitado pela maioria dos estados e municípios brasileiros. A afirmação é da direção da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE). A entidade não tem um estudo sobre quantos estados e municípios não pagam o mínimo estabelecido por lei, mas, segundo levantamento feito pela CNTE, há professores que, mesmo com diploma de ensino superior, ganham pouco mais de um salário mínimo." Leia a notícia toda aqui

 

Última atualização em Ter, 10 de Agosto de 2010 17:13
 

Vacina da gripe liberada para professores em SP

Imprimir

Vacina da gripe liberada para professores em SPProfissionais de escolas públicas e particulares (com mais de 40 anos) já podem ir aos postos de saúde pedir vacina contra nova gripe (H1N1). Em todo o estado de São Paulo, até 16 de julho. As informações são do portal G1:

Postos de Saúde da Grande São Paulo (baixar lista)

Saiba mais no vídeo abaixo:

Última atualização em Qua, 30 de Junho de 2010 14:05 Leia mais...
 

Quem quer ser professor? Pesquisa revela profissão em baixa

Imprimir

Anda circulando por aí a notícia de que 2% dos jovens querem ser professor (a maioria quer fazer direito, engenharia e medicina). O dado vem de uma pesquisa da Fundação Carlos Chagas, foi divulgado pelo Gilberto Dimenstein e está por toda a rede. As "notícias-espetáculo" se espalham rapidamente, mas pouca gente dá atenção às letras miúdas. Resolvi dar uma olhada na pesquisa propriamente dita e vi muita coisa interessante/alarmante.

De fato, o estudo mostra que a profissão de professor está em baixa no imaginário dos jovens, mas seria bom fazer uma ressalva sobre o número. Esses 2% referem-se aos alunos que querem fazer pedagogia ou alguma licenciatura. Eu, por exemplo, que sou professor há dez anos, não teria feito esta opção no ensino médio. O número aumenta para 11% quando inclui as opções por carreiras acadêmicas, ligadas à docência (matemática, história, etc...).

Última atualização em Qua, 03 de Fevereiro de 2010 11:27 Leia mais...
 

Professores cariocas estão liberados para usar bermuda

Imprimir

Curioso. Eu não sabia que era proibido dar aulas de bermuda. Deve ser alguma lei importada da Finlândia, o grande modelo mundial de educação (que vive sob a neve). Não é fácil fazer educação nos trópicos... Como será que estão fazendo no norte e nordeste do país?

Última atualização em Qui, 19 de Novembro de 2009 13:04 Leia mais...
 


Página 2 de 5



Para que serve a educação?
 

Selecione uma palavra-chave